Os pontos da virada

Depois de Hamilton tomar a liderança de Vettel no Mundial de F1, GRANDE PREMIUM analisa a escalada do inglês que tirou 17 pontos de desvantagem. No ano passado, ele foi capaz de remar 25 pontos e ainda assim ficar com o título

André Avelar, São Paulo

Apesar de a estratégia ter se mostrado equivocada no final das contas, ninguém pode acusar Sebastian Vettel de passividade no último domingo (29), no GP do Azerbaijão. O então líder do Mundial de F1 trocou o que poderia ser uma pontuação ainda maior pela virada de Lewis Hamilton no campeonato. Antes da fase mais tradicional do calendário, com as consagradas corridas na Europa, o GRANDE PREMIUM analisa os pontos da mudança na tabela de classificação.

Hamilton lidera o campeonato depois de quatro corridas: são 70 pontos para o inglês da Mercedes contra 66 do alemão da Ferrari. A próxima prova acontece em 13 deste mês, no Circuito da Catalunha, para o GP da Espanha.

Quer ler esta matéria na íntegra?