Sahara Force India F1 Team

A Force India viveu um ano histórico em 2015, mas o quinto lugar no Mundial não é o bastante para o time de Sergio Pérez e Nico Hülkenberg, que abre a temporada sonhando em desbancar Williams e Red Bull

Fernando Silva, de Sumaré

Que grande ano viveu a Force India em 2015! Um ano que começou sob a sombra da dúvida e com um carro ainda do ano anterior na pré-temporada e, mesmo depois, a primeira versão do VJM08 ainda era desatualizada perto dos outros carros do grid. Enquanto a especificação B não chegava, Sergio Pérez e Nico Hülkenberg somavam pontos aqui e ali. Até que o novo carro, desenvolvido no túnel de vento da Toyota, em Colônia, finalmente fez sua estreia, na casa do time, em Silverstone. E aí, tudo mudou para muito melhor.

Desde o GP da Bélgica, a Force India pontuou em todas as corridas do Mundial, fato que apenas a Mercedes conseguiu igualar. De quebra, veio o pódio com Pérez em Sóchi, claro que num golpe de sorte depois de um entrevero entre Kimi Räikkönen e Valtteri Bottas, mas a sorte acompanha os competentes, diria o poeta. Ao fim de 19 provas, a Force India conquistou o histórico quinto lugar no Mundial de Construtores, sua melhor posição desde que estreou na F1.
Levando em conta que os carros de 2016 são uma evolução do que foi construído em 2015, a Force India tem uma ótima base com o VJM09, modelo que mostrou muita consistência, equilíbrio e poucos problemas nos testes de pré-temporada. O bom desempenho de Pérez, Hülkenberg e até mesmo de Alfonso Celis em Barcelona faz com que não seja exagero algum colocar o time de Silverstone na lista dos postulantes a um lugar no top-3 da F1.

A única coisa que pode atrapalhar neste momento é a situação financeira da equipe e a do seu proprietário, Vijay Mallya, que vem sendo procurado pela polícia por conta de uma dívida que se aproxima dos R$ 5 bilhões. De fato, há o risco de um fator externo pode colocar a perder todo um belo trabalho feito nas últimas temporadas e que tem tudo para ser ainda mais brilhante em 2016.

Sede: Silverstone, Inglaterra
Carro: VJM09
Motor: Mercedes
Principais dirigentes: Vijay Mallya, Bob Fernley, Otmar Szafnauer
Piloto de desenvolvimento: Alfonso Celis
Em 2015: 5º no Mundial de Construtores (136 pontos)
Melhor resultado: 9º lugar no Mundial de Pilotos; 5º lugar no Mundial de Construtores
Melhor tempo em Barcelona: 1min23s110 (Nico Hülkenberg, 4º, supermacios)

Quer ler esta matéria na íntegra?