KV Racing Technology

A falta de dinheiro faz a KV voltar a ter um único carro só no grid, o que prejudica a troca de informações para o bom Sébastien Bourdais

Gabriel Curty, de São Paulo &
Pedro Henrique Marum, do Rio de Janeiro

São tempos de crise para a KV. O time de Jimmy Vasser cortou seu segundo carro após dois anos medíocres com Stefano Coletti e Sebastián Saavedra, agora mantendo apenas um bólido, o de Sébastien Bourdais.

De motor Chevrolet, é difícil imaginar a KV andando no final do grid, mas, mesmo assim, o ano deve ser mais complicado. Sem qualquer brilhantismo na pré-temporada, parece um ano em que Bourdais tenha de aceitar que as vitórias não virão.

 

Quer ler esta matéria na íntegra?