Avintia Racing

Correndo com um protótipo Ducati desatualizado, a Avintia tem sua maior força na dupla de pilotos. Mais experiente do time, Héctor Barberá foi muitíssimo bem na pré-temporada

Juliana Tesser, de São Paulo

A Avintia conquistou seu melhor resultado no Mundial de Equipes no ano passado e parte para 2016 em busca de uma nova evolução. Nesse caminho, o time segue com Héctor Barberá, mas celebra a chegada de Loris Baz, que se juntou à escuderia após a saída da Forward no Mundial.

O espanhol, apesar da fama de mau, já mostrou qualidade e repetiu o feito na pré-temporada, quando fechou a bateria de Sepang com o terceiro posto. O francês, por sua vez, chegou à MotoGP no ano passado vindo do Mundial de Superbike e já tem no currículo um impressionante quarto lugar no GP de San Marino.

Sede: Madri, Espanha
Moto: Ducati Desmosedici GP14.2
Principais dirigentes: Antonio Jiménez e Agustín Escobar
Em 2015: Nona no Mundial de Equipes
Melhor resultado: Nona colocada no Mundial de Equipes em 2015
Melhor tempo em Sepang: 2min00s387 (Héctor Barberá, 3º)
Melhor tempo em Phillip Island: 1min29s361 (Héctor Barberá, 5º)
Melhor tempo em Losail: 1min55s733 (Héctor Barberá, 9º)
 

Quer ler esta matéria na íntegra?