Categoria-show, Moto3 escala novos protagonistas e promete repetir duelo entre KTM e Honda

Garantia de boa corrida a cada etapa, a Moto3 perdeu alguns de seus protagonistas para a Moto2, mas vê em 2016 a chegada de novos — e talentosos — astros

Juliana Tesser, de São Paulo

A Moto3 pode até não ter tantas novidades quanto a MotoGP em 2016, mas vai ter uma temporada repleta de caras novas. Categoria de entrada do Mundial de Motovelocidade, a divisão das motos 250cc segue cumprindo de forma exemplar a missão de fornecer ‘mão de obra’ para as séries maiores e, por isso mesmo, está em constante renovação.

Campeão de 2015, Danny Kent partiu para a Moto2 acompanhando por Miguel Oliveira, Éfren Vázquez, Alessandro Tonucci e Isaac Viñales, mas a saída desses pilotos abriu caminho para a chegada de outros tantos igualmente talentosos.

Quer ler esta matéria na íntegra?