The rookies

A majestosa 500 Milhas de Indianápolis consagrou pilotos campeões, experientes, mas também reservou capítulos para os estreantes. E alguns novatos foram ainda mais longe, liderando e vencendo já na primeira chance que tiveram no Brickyard

Evelyn Guimarães, de Curitiba

Uma corrida majestosa e icônica como as 500 Milhas de Indianápolis exige uma preparação igualmente grandiosa. Ainda que nos últimos anos a organização da Indy venha reduzindo significantemente o número de treinos livres para a maior das provas, as atividades que antecedem à Indy 500 são sempre cercadas de expectativa, especialmente no que diz respeito aos rookies — aos novatos, em bom português.

A primeira vez de um piloto no Brickyard tem de ser especial, por isso não é qualquer competidor que ganha o direito de alinhar no grid da corrida no fim de maio. Antes é preciso passar por testes de velocidade e adaptação ao Speedway. Tanto que, ainda hoje, há uma sessão dedicada somente aos estreantes. 

Só que, embora novatos em Indy, muitos pilotos usaram toda a fama das 500 Milhas para escrever o nome na história e brilhar. E pegando carona no início dos treinos para a edição 100 nesta semana e ainda sob o impacto da impecável atual do jovem Max Verstappen na F1 no último fim de semana, o GRANDE PREMIUM decidiu lembrar as maiores atuações de rookies na história da tradicional prova de 200 voltas no superoval.

Quer ler esta matéria na íntegra?