Últimas Matérias
17
/ Lado a Lado
Räikkönen x Alonso: depois dos títulos
Fernando Alonso conquistou seus dois títulos mundiais de F1 em 2005 e 2006. No ano seguinte, Kimi Räikkönen levantou seu único caneco. Desde então, nenhum dos dois conseguiu repetir o auge. Quais caminhos eles tomaram para que isso ocorresse?
14
/ Conta-giro
O nome da vez
Felipe Drugovich apareceu muito bem em 2017 e foi a grande revelação do Brasil no automobilismo europeu. Aos 17 anos, o paranaense mantém os pés no chão, fala em trabalho duro, mas foca todos os esforços na F1
12
/ 10+
A Grande Família
Hill, Villeneuve, Piquet, Senna, Schumacher, Fittipaldi... F1 se acostumou com sobrenomes famosos no grid de largada. Sem levar em consideração a questão de melhor ou pior propriamente dita, exemplos para as novas gerações não faltam
10
/ Lado a Lado
Di Grassi 2016/17 x Di Grassi 2017/18
As primeiras corridas da temporada 2017/18 de Lucas Di Grassi em nada lembram a campanha campeã da 2016/17. Comparando os números do brasileiro nos quatro primeiros ePs dos dois campeonatos, fica clara a dimensão do buraco em que ele se meteu
7
/ Conta-giro
O maior desafio da carreira
Dentre todos os nomes confirmados até o momento na temporada 2018, Bruno Baptista é o mais jovem e também o único que ainda não sentou num carro da Stock Car. Depois de três anos na Europa, sendo o último deles na GP3, o paulista comemora por receber da Hero a chance de estar na principal categoria do automobilismo brasileiro
5
/ 10+
Os destaques de Moto3 e Moto2 em 2018
Às vésperas do início dos testes coletivos da pré-temporada 2018 de Moto3 e Moto2, o GRANDE PRÊMIO listou os dez destaques das classes de entrada do Mundial de Motovelocidade
4
/ Stop & Go
Christian Fittipaldi
"Se perguntar para mim ‘você pensa em parar quando?’, eu digo que não penso em parar. Vou pensar em parar quando o momento chegar. Seja por falta de motivação, seja pela oportunidade de fazer alguma coisa nova... Mas eu não tenho absolutamente nenhum plano"