Siga-nos

10+

As últimas 10 dobradinhas conquistadas pela McLaren na Fórmula 1

Após o 1-2 protagonizado por Daniel Ricciardo e Lando Norris no GP da Itália, o GRANDE PRÊMIO relembra as últimas dez dobradinhas da McLaren na Fórmula 1

Toda vitória de um piloto é muito celebrada em qualquer equipe do grid da Fórmula 1. Porém, o doce gosto do triunfo pode ser tranquilamente acentuado com uma dobradinha, para coroar o domínio da equipe e maximizar os pontos na etapa. No GP da Itália do último domingo (12), a McLaren conquistou seu 48º 1-2 da história, com a vitória de Daniel Ricciardo e o segundo lugar de Lando Norris.

No quesito, inclusive, a equipe britânica é a terceira que mais vezes colocou ambos os pilotos nas primeiras posições de uma corrida. À frente da McLaren, estão apenas a Mercedes com 58 ocasiões, e a Ferrari, com 84.

No 10+ desta semana, relembramos os últimos 1-2 da McLaren na Fórmula 1.

GP da Itália 2021

O GP da Itália de 2021 trouxe diversas marcas importantes para a McLaren. Daniel Ricciardo, que vinha em um ano de estreia complicado pela equipe, conquistou sua primeira vitória pelo time. Lando Norris, por sua vez, conseguiu a melhor posição de chegada da carreira ao ver a bandeira quadriculada atrás do companheiro de equipe.

O triunfo de Ricciardo ainda quebrou dois tabus incômodos: o primeiro datado de 2012, da última vitória da equipe, que foi conquistada por Jenson Button no GP Brasil. O segundo é mais longínquo ainda, de 2010, quando Lewis Hamilton venceu o GP do Canadá seguido de Jenson Button, marcando a mais recente dobradinha.

Daniel Ricciardo venceu o GP da Itália seguido de Lando Norris (Foto: McLaren)

GP do Canadá 2010

Naquela temporada, o 1-2 da McLaren foi o terceiro e último da equipe britânica no ano. Na ocasião, na oitava etapa do Mundial, Lewis Hamilton fez valer a pole-position para conquistar a 13ª vitória da carreira. Jenson Button, por sua vez, partiu da quarta posição no grid para ser segundo colocado. O pódio foi completado por Fernando Alonso, à época na Ferrari.

O pódio do GP do Canadá de 2010 (Foto: Ercole Colombo)

GP da Turquia 2010

No Istambul Park, Lewis Hamilton venceu o GP da Turquia seguido do companheiro Jenson Button. Os dois se valeram do acidente da dupla da Red Bull, formada por Sebastian Vettel e Mark Webber, que ocupavam as duas primeiras posições antes de um controverso choque.

Lewis Hamilton venceu na Turquia em 2010 (Foto: Reprodução)

GP da China 2010

A primeira dobradinha do distante ano de 2010 veio com uma inversão: Jenson Button subiu no lugar mais alto do pódio em Shanghai, seguido de Lewis Hamilton. Na chuvosa quarta etapa do Mundial, Button partiu de quinto para vencer. Nico Rosberg, da Mercedes, foi o terceiro colocado.

Jenson Button venceu na China seguido de Lewis Hamilton (Foto: Reprodução)

GP da Itália 2007

Na 13ª etapa do Mundial, a McLaren disputava com a Ferrari de Kimi Räikkönen o campeonato. Cada ponto era válido na disputa, mas o clima tenso entre Fernando Alonso e o então estreante Lewis Hamilton certamente foi um dos motivos que deixou o caneco nas mãos do finlandês. Brigas de lado, em Monza, Alonso venceu a corrida tendo Hamilton na segunda posição. Räikkönen, que seria campeão na prova derradeira no Brasil, fechou o pódio.

Fernando Alonso venceu em Monza em 2007 seguido de Lewis Hamilton (Foto: Reprodução)

GP dos Estados Unidos 2007

No solo sagrado de Indianápolis, a McLaren conquistou outra dobradinha. Desta vez, Lewis Hamilton venceu seguido de Fernando Alonso. Felipe Massa, da Ferrari, completou o pódio da corrida que marcou o segundo triunfo de Lewis, que hoje tem 99 vitórias na categoria.

Em Indianápolis, Hamilton venceu e Alonso foi segundo (Foto: Reprodução)

GP de Mônaco de 2007

No principado de Mônaco, as ruas de Monte Carlo foram dominadas pela equipe de Woking, que pela segunda vez naquele ano colocou ambos os carros nas posições mais altas do pódio. Fernando Alonso cruzou a linha de chegada na primeira posição, seguido de Lewis Hamilton. Felipe Massa, fechou o pódio.

No Principado de Mônaco, Alonso foi ao lugar mais alto do pódio, com Hamilton logo abaixo (Foto: Reprodução)

GP da Malásia 2007

Alonso e Hamilton subiram ao pódio juntos na Malásia (Foto: Reprodução)

A primeira das quatro vitórias de Fernando Alonso na McLaren veio com Lewis Hamilton na segunda posição. Em Kuala Lumpur, ainda no início do campeonato, a dupla deixou o pole-position Felipe Massa para trás. O espanhol venceu com tranquilidade, com o jovem inglês em segundo. Kimi Räikkönen foi o terceiro.

GP do Brasil 2005

Em 2005, Interlagos foi palco de uma dobradinha da McLaren. Juan Pablo Montoya e Kimi Räikkönen deixaram o pole-position Fernando Alonso, que conquistaria o título mundial justamente naquele dia, para trás e trouxeram o único 1-2 daquela temporada ao time de Woking. O triunfo, inclusive, foi o último dos sete conquistados pelo colombiano na Fórmula 1.

A última vitória de Juan Pablo Montoya na Fórmula 1 veio no GP Brasil de 2005 (Foto: Reprodução)

GP da Áustria 2000

A última dobradinha desta lista é datada de 21 anos atrás, no GP da Áustria de 2000. Na ocasião, Mika Häkkinen e David Coulthard comandaram o 1-2 da McLaren em Spielberg, aproveitando o abandono do rival Michael Schumacher ainda na primeira volta. Rubens Barrichello, de Ferrari, fechou o pódio.

Mika Häkkinen e David Coulthard protagonizaram uma dobradinha no GP da Áustria de 2000 (Foto: LAT)

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect