Siga-nos

10+

Grandes corridas completas para assistir na F1 TV

Da disputa entre Senna e Prost às vitórias de Vettel e Verstappen, tem muita coisa para ver ou rever no streaming da Fórmula 1

A Fórmula 1 pode ter demorado um pouco, mas finalmente chegou à Era do Streaming. A F1 TV, plataforma de video on demand da categoria, foi lançada na Europa em 2018 – e, desde então, tem expandido o seu conteúdo e cobertura. Hoje está presente no Brasil, incluindo cobertura ao vivo de toda a temporada, em português, no plano mais caro, o Pro.

Acontece que não é só de presente que vive o fã de automobilismo: é também um prazer reviver ou conhecer o passado. Por isso, a F1 TV traz um catálogo de cerca de 650 corridas históricas do acervo da categoria.

Pensando nessa viagem ao passado, o GRANDE PREMIUM seleciona aqui dez GPs que estão na íntegra na plataforma de streaming e podem ser assistidos no plano básico. Na maioria esmagadora dos casos, incluem o pódio e as entrevistas pós-corrida

Infelizmente, o catálogo da F1 TV ainda sem as suas limitações e provas históricas não estão presentes na íntegra – ainda que disponíveis em “compacto estendido”, em alguns casos com mais de uma hora de duração. Porém, para fins desta lista, não vamos considerar esses GPs. A ideia aqui é poder curtir provas históricas como se estivessem ao vivo na sua televisão.

Ainda não tem a F1 TV? Não se preocupe: é só clicar aqui para assinar. Os valores começam em R$ 11,90 por mês no plano anual.

Já assinou? Vamos, agora, viajar ao passado?

GP da Inglaterra de 1981

John Watson liderando o GP da Inglaterra de 1981 (Crédito: reprodução / F1 TV)

Ok, em um primeiro momento, o GP da Inglaterra de 1981 parece não ter nada de muito especial. Acontece que a prova é a mais antiga disponível na íntegra no serviço de video on demand da Fórmula 1!

Por isso, permite matar a curiosidade de curtir uma transmissão mais antiga, ou de ver em ação carros tão diferentes dos atuais. Aliás, falando nos carros, esse GP representou a primeira vitória de um monocoque feito de fibra de carbono, do McLaren MP4/1, pilotado por John Watson.

Na pista ainda temos nomes como René Arnoux, Alain Prost, Nelson Piquet, Didier Pironi, Gilles Villneuve, Elio de Angelis e diversos outros.

Clique aqui para assistir.

GP de Las Vegas de 1981

Nelson Piquet vencendo o seu primeiro título mundial, em Las Vegas (Crédito: reprodução / F1 TV)

Outra corrida que parece sem graça. Afinal, correr no estacionamento de um Caeser Palace não deve ser interessante em nenhum momento da história, não é mesmo?

Quase isso. Antes do GP de Las Vegas de 1981, o argentino Carlos Reutemann, da Williams, liderava o campeonato com um ponto a mais que o brasileiro Nelson Piquet, da Brabham.

A corrida, então, marcou uma luta hercúlea de Piquet para superar o desgaste físico causado pelo tempo seco do deserto de Nevada e terminar à frente do adversário, conquistando assim o seu primeiro título mundial.

Clique aqui para assistir.

GP do Japão de 1989

Segundos após a famosa batida entre Senna e Prost, em 1989 (Crédito: reprodução / F1 TV)

Quem não gosta de um clichê, não é mesmo? Então aqui vai uma daquelas provas que os brasileiros adoram ver e rever: o GP do Japão de 1989!

É essa corrida, que aconteceu em Suzuka, que marca o ápice da disputa entre Ayrton Senna e Alain Prost nos tempos de McLaren, com os dois pilotos se encontrando no meio da pista – com o francês abandonando em seguida.

Senna conseguiu voltar para a prova, trocou o bico do carro e tirou uma enorme diferença para a Benetton de Alessandro Nannini – em uma recuperação histórica.

Curiosamente, a transmissão da F1 TV – originalmente da BBC – termina com a vitória de Senna, o que levaria a disputa pelo campeonato para o GP seguinte, na Austrália. Ainda assim, o mítico narrador Murray Walker avisa que muito poderia acontecer nos bastidores.

Ele tinha razão: o brasileiro seria desclassificado pouco depois – em um resultado que deu o título para Prost.

Clique aqui para assistir.

GP da Espanha de 1996

Schumacher comemora a primeira vitória pela Ferrari (Crédito: reprodução / F1 TV)

Ok, você é daqueles que gosta de umaconfusão, não é mesmo? Se for assim, uma boa pedida é assistir ao GP da Espanha de 1996.

Sim, o Circuito da Catalunha nunca foi muito emocionante por si só, mas a edição de 1996 do GP espanhol foi marcado por uma chuva forte e muita disputa na pista.

Mais do que isso: a prova é considerada uma das melhores atuações da carreira de Michael Schumacher, que fez o seu melhor para levar uma ainda fraca Ferrari à vitória – a primeira do alemão no time italiano.

Clique aqui para assistir.

GP da Bélgica de 1998

O acidentado começo do GP da Bélgica de 1998 (Crédito: reprodução / F1 TV)

Você quer uma confusão ainda maior? Então assista ao GP da Bélgica de 1998. A corrida em Spa também foi marcada pela chuva forte e por uma largada dramática, com um acidente envolvendo boa parte dos carros poucos metros depois da largada.

A transmissão presente na F1 TV é completa, incluindo os preparativos e desencontros para a segunda largada.

Mesmo depois do problema inicial resolvido, a corrida seguiu extremamente divertida – e marcou a primeira vitória da equipe Jordan, com Damon Hill.

Clique aqui para assistir.

GP da Alemanha de 2000

Barrichello chora no pódio do GP da Alemanha de 2000 (Crédito: reprodução / F1 TV)

Outro clichê, sim, mas é sempre emocionante rever a primeira vitória de Rubens Barrichello na F1. Novamente na chuva, o brasileiro usou os pneus de pista seca como ninguém naquela tarde de GP da Alemanha.

Tem mais que isso. É uma oportunidade de rever o velho circuito de Hockenheim, que adentrava na famosa Floresta Negra.

A transmissão presente da F1 TV traz, além do pódio, a coletiva de imprensa pós-corrida, incluindo o pronunciamento em português de Rubinho.

Clique aqui para assistir.

GP do Brasil de 2008

Massa vence o GP do Brasil de 2008, mas não leva o título (Crédito: reprodução / F1 TV)

O Brasil foi o palco de grandes corridas durante os anos 2000. Em 2007 e 2008 provavelmente tivemos o ápice desse momento, com duas grandes disputas pelo título mundial.

Se em 2007 teve Fernando Alonso no pódio com cara de quem comeu e não gostou, 2008 representa um dos momentos mais agridoces da história do automobilismo brasileiro. Afinal, Felipe Massa venceu em casa pela segunda vez, mas perdeu o título.

É interessante rever aquele GP do Brasil com a narração do outro lado – ou seja, a inglesa. É algo que agrega uma perspectiva diferente, ainda que emocionante, à história que já assistimos.

Clique aqui para assistir.

GP do Canadá de 2011

O momento que Vettel erra – e dá a vitória do GP do Canadá de 2011 para Button (Crédito: reprodução / F1 TV)

Se o cinema tem filmes longuíssimos como ‘Cleópatra’ (com 3h12), ‘Os Dez Mandamentos’ (3h40) ou até mesmo ‘Napoleão’ (5h30), a F1 tem o GP do Canadá de 2011.

A transmissão completa da prova, que está na íntegra na F1 TV, tem nada menos que 4 horas e 27 minutos!

Estão presentes todos os detalhes: o drama na pista, as bandeiras vermelhas, Kimi Räikönen buscando um sorvete nos boxes da Ferrari e muito mais. Tudo enquanto Jenson Button fazia uma recuperação histórica e vencia a prova de Montreal, pilotando pela McLaren, na última volta!

É um final que compensa a espera, não é mesmo?

Clique aqui para assistir.

GP do Brasil de 2012

A Red Bull comemora o terceiro título mundial seguido, em 2012 (Crédito: reprodução / F1 TV)

É sempre bom ver corridas em Interlagos. Por isso, aqui vai uma sugestão que não é tão clichê: o GP do Brasil de 2012.

Aquela foi, novamente, o encerramento da temporada da F1. E se não tínhamos uma decisão tripla como a de 2007, era uma briga parecida com a de 2008. Daquela vez, Sebastian Vettel (da Red Bull) e Fernando Alonso (já na Ferrari) brigavam pelo título.

O GP foi uma montanha russa de emoções, com idas e vindas sob a chuva. Isso enquanto Alonso tentava pontuar o máximo possível, Vettel precisava lidar com problemas no carro.

Um belo final para um ano super disputado na F1.

Clique aqui para assistir.

GP da Alemanha de 2019

Verstappen vencendo o animado GP da Alemanha de 2019 (Crédito: reprodução / F1 TV)

Dos últimos anos, o GP da Alemanha de 2019 é, certamente, um dos mais emocionantes – resultado, mais uma vez, da chuva forte.

Claro que essa é uma prova recente e você, provavelmente, lembra de quase todos os detalhes. A diferença aqui é que essa já é uma transmissão após o advento da F1 TV, que traz a opção de selecionar câmeras on board ou o interessante Pit Lane Channel.

Vale rever.

Clique aqui para assistir.

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect