À boa cabeça nunca faltam chapéus

A Stock Car acaba no próximo domingo (9) e, após um ano passeando pela visitação aos boxes de cada etapa, o GRANDE PREMIUM elege um top-10 de suma importância: quais pilotos distribuíram os melhores bonés aos fãs em 2018?

Felipe Noronha, de São Paulo

Durante todo o ano de 2018, os jornalistas do GRANDE PREMIUM estiveram nas etapas da Stock Car. Com o fim da temporada chegando no próximo domingo (9), com o duelo entre Daniel Serra e Felipe Fraga pelo título, outro ponto além da disputa pela taça será encerrado: os bonés distribuídos pelos pilotos.

Sim: todo ano a Stock Car abre a visitação aos boxes para o público que quer maior aproximação com os pilotos da categoria. Além das selfies, todos querem brindes. E se já ensinamos aqui qual o 'mapa da mina' para que os fãs consigam colocar o maior número de presentes possíveis em suas sacolas, também listamos outro fator importante.

Patrocinadores mudam, pilotos entram, outros saem, equipes alteram seus nomes - e, com isso, os bonés, principais brindes distribuídos na visitação, também mudam. Por isso, após um ano coletando, analisando e, claro, vestindo cada boné dado de presente, o GP* pode listar os 10 melhores do ano de 2018.

Vai para Interlagos no encerramento da temporada? Leve consigo o mapa e busque cada boné de qualidade.

10) Rubens Barrichello

O boné dado por Rubens Barrichello tem a parte traseira quase plana, o que não é das condições mais ideais para um boné. 

Porém ganha pontos pela dificuldade e aventura que é conseguí-lo: como a visita a Barrichello é a mais disputada, com maior fila e até grades de proteção, o artefato sobe no ranking pela emoção que é tê-lo em mãos. E o autógrafo ajuda bastante, também.

9) Cimed - Outubro Rosa

A segunda etapa de Londrina no ano foi a única da temporada que ocorreu em outubro. E a Cimed aproveitou para mudar a cor de seu boné.

Do tradicional amarelo (que não entrou neste top-10), a cor foi mudada para o rosa, em homenagem, claro, ao 'Outubro Rosa', mês de conscientização da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Ficou lindo.

8) Shell Racing

Enquanto boa parte do público que vai ao box da Shell espera pelas miniaturas dadas por Átila Abreu, a equipe distribui belos e confortáveis bonés vermelhos.

Apesar de bonito e de bom encaixe na cabeça (com tamanhos variados, aliás), o boné não sobe tanto no ranking por causa da rede ao fundo do chapéu, que não protege completamente do sol. 

7) Hot Car

A simplicidade do boné da Hot Car é notável: ctodo preto e com a bandeira quadriculada, símbolo tão importante do automobilismo, em destaque por causa de um dos patrocinadores. 

Apesar de ser simples, é válido notar que seu encaixe é no ponto, com o fundo não sendo 'plano' e, sim, se adaptando à cabeça do fã.

6) Gustavo Frigotto

O piloto da Stock Light tem ótimos brindes em seu box, como refrigerantes, por exemplo, que ajudam na hidratação em dias de visitação sob sol forte.

E o boné faz parte deste pacote - incluindo uma qualidade diferenciada, segundo Rodrigo Berton, fotógrafo do GP: é bom para praticar corrida de rua.

5) Hero

O da Hero é tão simples quanto o da Hot Car (todo preto), mas fica à frente por motivos como a tira de encaixe, o que facilita muito o uso para qualquer formato de cabeça, e a dificuldade que é conseguí-lo, já que o fã precisa não só ir ao box da equipe como também entrar em fila, tirar foto com os pilotos e/ou dar a sorte de que algum resolva atirá-lo para o alto no meio da galera.

Porém é tão confortável que vale a pena no final.

4) Gustavo Myasava

O piloto da Stock Light entra bem posicionado no ranking por motivos não só de qualidade do boné, bonito e de bom material, mas também pela simpatia que mostra durante a visitação.

Por exemplo: ao GP, ele não só autografou com homenagem ao site como também gravou um 'storie' para nosso perfil do Instagram - que deu errado na primeira tentativa, mas que ele topou gravar de novo!

3) João Rosate

O pódio desta lista começa com o melhor boné dado por pilotos da Stock Light: o de João Rosate. 

O chapéu tem algo fundamental: a parte frontal não é plana - ou seja, tem material que a levanta e a deixa 'dura', evitando que ela encoste na testa ou na frente da cabeça, o que o torna muito mais confortável. Também é grande, o que facilita para todas as pessoas e sua aba é bem fixa. Como diriam os jovens: é 'top'.

2) Diego Nunes

O piloto da Full Time não só tem bonés de belas cores, como o verde água e o preto e branco, ou um ótimo tecido, principalmente no segundo, que é 'fofo', diferente de todo o restante, extremamente confortável, como tem algo de suma importância...

Ele presenteia os fãs com dois bonés! Sim, aqui quantidade é qualidade também.

1) Gabriel Casagrande

O piloto da Vogel não ficará com o título da Stock Car em 2018, mas leva outro de importância que... Não chega perto, mas não pode ser desvalorizada!

É dele o título de melhor boné distribuído na visitação em 2018! A aba? Fixa, nota 10. O fundo? Levantado na parte frontal e confortável no fundo, nota 10. Bordado? Não machuca e é bem feito, nota 10. Tamanho? Grande, cabe em qualquer um, nota 10. É isso, parabéns a quem produziu tal chapéu.