Hamilton x Vettel: de onde vem essa diferença?

Concorrentes na luta pelo pentacampeonato desafiam disputa acirrada e se veem separados por 24 pontos em plenas férias de verão da F1. Ferrari não sabe aproveitar melhor carro e Mercedes vai bem mesmo quando tudo está mal

André Avelar, São Paulo

De uma disputa que parecia ser ponto a ponto a uma vantagem pra lá de considerável em plenas férias de verão da F1. Se Lewis Hamilton tem aproveitado todas e quaisquer chances ou se Sebastian Vettel tem desperdiçado inúmeras oportunidades, os dois concorrentes ao pentacampeonato seguiram caminhos opostos com Mercedes e Ferrari até a parada no calendário.

A nove corridas do fim da temporada, Hamilton tem 213 pontos, 24 a mais que Vettel. Essa é a maior diferença entre os dois postulantes ao título, que já se alternaram cinco vezes na liderança ao longo deste ano. Os dilemas de altos e baixos de um de outro se arrastarão até o próximo compromisso, no GP da Bélgica, no Circuito de Spa-Francorchamps, em 26 deste mês.

Em muito fruto dos sucessivos títulos nos últimos anos, o conjunto prateado se mostrou mais regular como um todo. A Mercedes tem um carro só com ritmo de corrida superior ao da Ferrari. O motor e as capacidades de adaptação em diferentes pistas, com diferentes temperaturas, ainda são melhores no lado italiano. Daí a intenção de melhorar justamente o classificatório de sábado para ter um cenário ainda mais tranquilo no domingo.

Quer ler esta matéria na íntegra?