Schmidt Peterson Motorsports

Tudo que a SPM quer para este ano é que, primeiramente, um de seus pilotos não se acidente; depois, quem sabe, dá para pensar em incomodar as grandes vez ou outra

Gabriel Curty, de São Paulo &
Pedro Henrique Marum, do Rio de Janeiro

A Schmidt Peterson deu um passo imenso ao manter James Hinchcliffe para seguir capitaneando o projeto e guiar o #5. Mikhail Aleshin, de volta ao grid, assume o #7 para tentar se firmar de vez na Indy. Na real, pouco se sabe o que a SPM pode fazer, visto que claramente segurou a velocidade e mostrou apenas a quilometragem em Phoenix.

Depois de brigar pelo título com Simon Pagenaud em 2014 e passar por um 2015 problemático com Hinchcliffe, vencendo em Nova Orleans, mas se machucando em Indianápolis e ficando fora do resto da temporada, agora a equipe tem seus dois pilotos na forma como gostaria e a chance de impressionar novamente.

Sede: Indianápolis, Indiana
Motor: Honda
Principais dirigentes: Sam Schmidt, Rick Peterson, Nick Snyder
Melhor Resultado: 3º lugar (Simon Pagenaud - 2013)
Resultado em 2015: 16º lugar (James Jakes)

 

Quer ler esta matéria na íntegra?