Briga tríplice pelo título tem um campeão, um vingador e um aprendiz

A MotoGP desenha uma batalha que promete um novo e histórico round entre Jorge Lorenzo, Valentino Rossi e Marc Márquez. E com a inimizade entre eles à flor da pele

Evelyn Guimarães, de Curitiba

Um campeão reinante, um derrotado com sede de vingança e um aprendiz que tenta dar a volta por cima. Assim se desenha o cenário da MotoGP em 2016. A verdade é que a classe rainha ainda vive sob a sombra negra do imbróglio protagonizado por suas principais estrelas e tenta deixar para trás as rusgas que tornaram a disputa final pelo título do campeonato passado em uma batalha no melhor estilo dos embates de torcidas de futebol. Só que a paz ainda está longe. 

Ainda é uma guerra. A Espanha saiu vitoriosa no primeiro confronto, mas a Itália não desistiu e quer a revanche. Jorge Lorenzo, Valentino Rossi e Marc Márquez continuam sob os holofotes, e a promessa de uma rivalidade tríplice já povoa o imaginário dos fãs ao redor do mundo. E não só dos torcedores. O trio será seguido de perto, todos os passos serão atentamente acompanhados a partir da luz verde no fim do pit-lane da iluminada pista de Losail, e o que se espera é um confronto de titãs, algo como a clássica cena de ‘Os Vingadores’, quando Thor, Capitão América e o Homem de Ferro se enfrentam para ver quem fica com o vilão Loki. 

Quer ler esta matéria na íntegra?