Movistar Yamaha

Dona da tríplice coroa, a Yamaha preparou um verdadeiro arsenal para defender suas conquistas. Com a dupla de pilotos mais forte do grid e com uma YZR-M1 impecável, a casa de Iwata tem tudo para repetir o excelente 2015

Nathalia De Vivo, de São Paulo

A evolução da YZR-M1 começou a ser observada já na segunda parte do Mundial de 2014. Melhora essa que foi confirmada com a conquista do Mundial de Construtores e Mundial de Pilotos de 2015, com o título de Jorge Lorenzo.

No entanto, o ano da Yamaha teve pequenas manchas causadas por polêmicas envolvendo Valentino Rossi e o rival Marc Márquez, onde até Lorenzo quis opinar — contra o companheiro de equipe.

O time de Iwata, porém, chega em 2016 mais uma vez confiante, já mostrando que a moto está em sua melhor forma, mesmo com as alterações na eletrônica e pneus, garantindo os melhores resultados nos testes coletivos.

Sede: Gerno di Lesmo, Itália
Moto: Yamaha YZR-M1
Principais dirigentes: Lin Jarvis, Kouchi Tsuji, Masahiko Nakajima, Massimo Meregalli
Em 2015: 1ª no Mundial de Equipes e no Mundial de Construtores
Melhor resultado: 14 títulos do Mundial de Construtores nas 500cc/MotoGP (1974, 1975, 1986, 1987, 1988, 1990, 1991, 1993, 2000, 2005, 2008, 2009, 2010 e 2015)
Melhor tempo em Sepang:  1min59s580 (Jorge Lorenzo, 1º)
Melhor tempo em Phillip Island:  1min29s357 (Jorge Lorenzo, 3º)
Melhor tempo em Losail: 1min54s810 (Jorge Lorenzo, 1º)

 

Quer ler esta matéria na íntegra?