A chegada mais apertada

A edição de 1992 das 500 Milhas de Indianápolis ficou na história por ter apenas quatro carros terminando na mesma volta e, principalmente, por ver a chegada mais apertada de todas: 0s043 entre Al Unser Jr. e Scott Goodyear

Gabriel Curty, de São Paulo
A edição de 1992 das 500 Milhas de Indianápolis foi a que teve a chegada mais apertada da história da prova. Em uma corrida tumultuadíssima com apenas quatro carros terminando na mesma volta, Al Unser Jr e Scott Goodyear protagonizaram uma batalha épica.
 
Na definição do grid de largada, Roberto Guerrero levou a melhor, batendo Eddie Cheever e Mario Andretti. Unser Jr. partiu de uma mediana 12ª colocação, enquanto Goodyear foi simplesmente o último colocado na grelha de partida, tendo de pegar o carro do companheiro Mike Groff para correr a Indy 500 daquele ano e, assim, alinhando em 33º.
 
A corrida sequer havia começado e já tinha troca na liderança. Ainda na volta de apresentação, Guerrero perdeu o controle do carro, rodou e bateu no muro, danificando a suspensão. Aquele era o fim da linha para o colombiano na prova, o que transformou Cheever no primeiro colocado do grid. Philippe Gache, que sairia do 16º lugar, também rodou, só conseguindo encontrar o pelotão na terceira volta.
Quer ler esta matéria na íntegra?