Por um triz

A história das 500 Milhas de Indianápolis está repleta de viradas nas voltas finais. Alguns dos pilotos derrotados até hoje seguem sem triunfos no IMS

Gabriel Curty, de São Paulo
A Indy 500 tem um histórico grande de viradas nas voltas finais em suas 99 edições. Nessa lista dos que perderam a vitória nos últimos giros aparecem vários nomes consagrados no IMS, mas também aqueles que triunfariam pela primeira vez e até hoje não beberam o leite da vitória após a linha final.
 
A grande maioria das viradas épicas no IMS aconteceu nos últimos anos, especialmente pelo equilíbrio dos carros. Na lista, um dos maiores azarados, digamos assim, é Marco Andretti. 
 
O norte-americano sempre foi uma grande promessa do automobilismo norte-americano e, até hoje, não virou realidade. No IMS, Marco é regularmente muito veloz e já esteve perto da vitória em quatro oportunidades.
 
A maior delas, logicamente, foi a de 2006. Marco liderava a corrida até a última reta, quando Sam Hornish Jr. colocou de lado e cruzou a linha final 0s063 na frente. Nas demais ocasiões – 2008, 2010 e 2014 –, Marco esteve um pouco mais distante do triunfo, mas foi ao pódio em todas elas, sempre próximo dos vencedores.
Quer ler esta matéria na íntegra?