Volta por cima

A vitória de Helio Castroneves nas 500 Milhas de Indianápolis de 2009 foi histórica. Pouco tempo após ser absolvido de um processo em que era acusado de evasão de divisas, o brasileiro teve o que chamou de "melhor dia da carreira"

Gabriel Curty, de São Paulo
A carreira de Helio Castroneves é cheia de momentos gloriosos, mas aquele 24 de maio de 2009 é considerado, por ele mesmo, como o seu grande dia. Poucos meses após ter vivido uma delicada situação pessoal, o brasileiro foi ao IMS e também se recuperou de um começo de temporada que não era muito bom, vencendo pela terceira vez as 500 Milhas de Indianápolis.
 
Para entender o tamanho do feito de Helio e a importância que isso teve na época, é preciso voltar aos fatos. Em 17 de abril de 2009, Castroneves era absolvido de um processo em que foi acusado de evasão de divisas e sonegação fiscal nos EUA. 
 
Aquele processo foi especialmente doloroso para Castroneves. Proibido de deixar os EUA e correndo o risco de pegar seis anos de prisão, o piloto acabou sendo afetado nas pistas, não podendo disputar a etapa de abertura da temporada daquele ano em São Petersburgo.
Quer ler esta matéria na íntegra?