Siga-nos

Lado a Lado

Alfa Romeo 2021 x Alfa Romeo 2022

Em início de campeonato promissor, Alfa Romeo soma quase o dobro dos pontos feitos em toda a temporada de 2021 e mostra que enfim conseguiu deixar de andar na rabeira do grid da Fórmula 1

Valtteri Bottas encontrou uma Alfa Romeo diferente em sua chegada à equipe este ano (Foto: Alfa Romeo)

A temporada 2021 da Fórmula 1, ao mesmo tempo em que ofereceu uma batalha ferrenha pelo título entre Lewis Hamilton, da Mercedes, e Max Verstappen, da Red Bull — que acabou como campeão —, indicou desde o início do campeonato quais equipes ficariam na rabeira da tabela. A Haas, que não tinha condições de pontuar, ocupou o último lugar do início ao fim. Desta forma, sobrou para Alfa Romeo e Williams o trabalho de ser a ‘melhor das últimas’.

E a equipe de Grove se sobressaiu no final do ano, muito por conta de dois finais de semana seguidos de caos: o GP da Hungria, quando Valtteri Bottas — hoje, curiosamente, na Alfa Romeo — perdeu o tempo de frenagem e abalroou diversos carros em asfalto molhado e o ‘não-GP’ da Bélgica, em que os carros apenas seguiram o safety-car e todos os dez primeiros receberam pontuações pela metade.

A Williams conseguiu aproveitar as duas caóticas corridas, e com o talento de George Russell na chuva, chegou subir ao pódio em Spa. No entanto, 2022 trouxe uma Alfa Romeo completamente repaginada: com um carro mais baixo para evitar o quique e simplesmente o monoposto mais leve do grid, o time de Hinwil soma bons resultados na largada da temporada, o que motiva uma comparação com o ano anterior.

É possível perceber que a escuderia aproveitou bastante a mudança de regulamento e conseguiu, de fato, subir de patamar. Além disso, a inegável contribuição de Bottas — um dos mais confiáveis pilotos para quem está no meio do pelotão — ajuda um carro que já nasceu com atributos positivos, ainda que Guanyu Zhou ainda necessite de adaptação em seu ano de estreia. Assim, vamos aos números:

Kimi Räikkönen se despediu da Fórmula 1 em ano melancólico da Alfa Romeo (Foto: Alfa Romeo)

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Alfa Romeo 2021

Dupla: Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi
Modelo: C41
1ª corrida (BAH): 0 ponto
2ª corrida (EMR): 0 ponto
3ª corrida (POR): 0 ponto
4ª corrida (ESP): 0 ponto
Total da temporada: 13 pontos
Posição final nos Construtores: 9º lugar
Posições finais nos Pilotos: Räikkönen 16º (10 pontos) e Giovinazzi 18º (3 pontos)

No ano passado, a Alfa Romeo pontuou em apenas seis das 22 corridas do calendário: Mônaco, Azerbaijão, Hungria, Rússia, México e Arábia Saudita. É possível perceber que a equipe aproveitou etapas caóticas para somar alguns pontos, fazendo o que era possível com o carro de 2021.

Em Mônaco, a já conhecida dificuldade de se ultrapassar acabou ajudando a equipe e possibilitou um décimo lugar. Baku trouxe furos de pneus a alguns pilotos — inclusive a Verstappen, que liderava — e uma relargada no final que ainda viu o abandono de Lewis Hamilton, e a equipe capitalizou em cima disso.

Hungria e Rússia se tornaram absolutamente imprevisíveis com as chuvas que tomaram conta das corridas, enquanto a primeira disputa da história da F1 na Arábia Saudita mostrou ao mundo o caos proporcionado pelo Circuito de Jedá. Ou seja, em um carro que não oferecia competitividade, a única alternativa era se colocar em posição de aproveitar os incidentes que pudessem ocorrer ao longo das provas.

Valtteri Bottas já soma 24 pontos em 2022, quase o dobro do que a Alfa Romeo conquistou em 2021 inteiro (Foto: Alfa Romeo)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Alfa Romeo 2022

Dupla: Valtteri Bottas e Guanyu Zhou
Modelo: C42
1ª corrida (BAH): 9 pontos
2ª corrida (SAU): 0 ponto
3ª corrida (AUS): 4 pontos
4ª corrida (EMR): 12 pontos
Total da temporada: 25 pontos
Posição atual nos Construtores: 5º lugar
Posições atuais nos Pilotos: Bottas 8º (24 pontos) e Zhou 16º (1 ponto)

Este ano, a situação é claramente diferente. Em apenas quatro corridas — período em que a Alfa Romeo não havia somado nenhum ponto no ano passado —, já são 25 pontos, praticamente o dobro do que foi feito em 2021. A equipe ocupa uma quinta posição que era inimaginável no ano anterior, conquistada pela Alpine com nada menos do que 142 pontos de diferença para o time de Frédéric Vasseur.

Até a AlphaTauri, que brigou pelo quinto posto com a Alpine em 2021 e terminou com apenas 13 pontos a menos — fez 129 a mais do que a Alfa Romeo no ano passado — está atrás da equipe no momento. Enquanto os times à frente [Ferrari, Red Bull, Mercedes e McLaren] parecem estar disputando apenas entre si, a Alfa Romeo vai comendo pelas beiradas e aparece como uma forte candidata ao quinto lugar da temporada atual.

LEIA MAIS
Os pilotos com Grand Chelem, mas sem título da F1

Você pode gostar:

A classificação da Indy 500

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect