Siga-nos

Lado a Lado

As vitórias de Jack Miller na MotoGP

Jack Miller está na MotoGP desde 2015, mas conquistou apenas duas vitórias. Hoje, o Lado a Lado relembra as vezes que o australiano subiu no degrau mais alto do pódio na classe rainha do Mundial

A festa de Jack Miller com a vitória no GP da Espanha de 2021 (Foto: Ducati)

Jack Miller está na MotoGP desde 2015. Depois de grande desempenho na Moto3 no ano anterior, quando foi vice-campeão, o australiano pulou etapas e foi direto para a classe rainha no Mundial de Motovelocidade. Apesar de estar na sétima temporada, até hoje conquistou apenas 11 pódios, uma pole solitária e duas vitórias.

A primeira vitória foi no caótico GP da Holanda de 2016, que teve muita chuva, bandeira vermelha e favoritos caindo. A segunda foi no último fim de semana, no GP da Espanha, quando contou com um problema de Fabio Quartararo para assumir a liderança e comandar a dobradinha da Ducati em Jerez.

Apesar de poucas vezes no lugar mais alto do pódio na MotoGP, Miller teve atuações memoráveis e o GRANDE PREMIUM vai lembrar as duas vitórias no Lado a Lado de hoje.

Miller fez a festa com Marc Márquez no pódio do GP da Holanda em 2016 (Foto: Repsol)

GP da Holanda de 2016

Quando os pilotos alinharam no grid de largada em Assen, poucos colocariam Miller como favorito. Largando em 18º, o australiano fazia sua segunda temporada na MotoGP e a primeira na Marc VDS, uma equipe que raramente ocupava as primeiras posições.

Com a pista holandesa bem molhada, os pilotos patinavam com as motos, mas a situação piorou de vez na volta 14 das 26 previstas. Com o aumento da chuva, os comissários optaram pela bandeira vermelha e uma segunda bateria seria disputada.

Dessa vez, após bom início, fazendo recuperação, Miller largou em oitavo. No início, fez boa partida e, ao superar Danilo Petrucci, chegou a ficar em quarto lugar. Depois, contou com a queda de Andrea Dovizioso para subir uma posição.

Algumas voltas depois, no entanto, foi a vez de Valentino Rossi, que ocupava a liderança, cair e não retornar para a disputa. Com isso, Marc Márquez tomou a ponta seguido por Miller.

A nove voltas para o fim, Miller pressionou Márquez. Em bela manobra na chicane final de Assen, colocou por dentro e fez a ultrapassagem pela liderança. Depois, conforme a pista foi secando, o australiano apenas controlou a vantagem até receber a bandeira quadriculada com 1s991 de vantagem para o espanhol.

LEIA MAIS
⇝ Acesse todo o conteúdo do GRANDE PREMIUM

Jack Miller conquistou uma importante vitória no GP da Espanha, em Jerez (Foto: Ducati)

GP da Espanha de 2021

Depois de passar pela Pramac por alguns anos e conseguir boas atuações, Miller alcançou uma vaga na equipe de fábrica da Ducati. Cotado como favorito após as boas atuações na pré-temporada, começou mal a temporada, com quedas, brigas e até mesmo uma lesão. A corrida em Jerez era tudo ou nada.

Largando na terceira posição, Miller pulou para a liderança, mas rapidamente foi superado por Fabio Quartararo. O piloto da Yamaha passou a abrir vantagem e parecia caminhar tranquilo para a terceira vitória seguida em 2021.

A sorte mudou de lado no meio da corrida. Com fortes dores no braço, Quartararo passou a perder rendimento e Miller foi para o ataque até assumir a liderança. A partir daí, foi só seguir para uma gloriosa vitória que o colocou de vvolta na briga pelo título da classe rainha do Mundial.

Para coroar, o australiano ainda comandou uma dobradinha da Ducati, com Francesco Bagnaia em segundo. Foi apenas a sétima vez que a montadora conseguiu tal feito desde 2006.

O mais importante para Miller, no entanto, foi ter se reencontrado com a vitória após quase seis anos de jejum. Um momento para provar que aquela conquista em Assen, em 2016, não foi acidente de percurso.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect