Siga-nos

Lado a Lado

Efeito maturidade

Depois de ver o sonho do título ficar pelo caminho no ano passado, Fabio Quartararo apareceu mais forte e mais constante na temporada 2021 e lidera com folga a disputa na MotoGP. Mas, afinal, o que é que mudou?

Mais frequente no pódio, Fabio Quartararo abriu vantagem confortável na MotoGP (Foto: Yamaha)

Fabio Quartararo é favoritíssimo ao título da MotoGP em 2021. Depois de flertar com a Torre dos Campeões no ano passado, o francês de Nice completou as dez primeiras etapas do campeonato deste ano com 172 pontos no Mundial de Pilotos e, assim, corre na frente na briga pela taça da classe rainha do Mundial de Motovelocidade.

Aos 22 anos, ‘El Diablo’ começou o ano até especulado entre os favoritos, mas não deixa de chamar a atenção o fato de a liderança deste ano ser bastante mais sólida do que aquele que ele exibiu em boa parte das dez primeiras etapas do ano passado.

Fabio Quartararo agora corre com o time oficial da Yamaha (Foto: Yamaha)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

No Lado a Lado, o GRANDE PREMIUM vai comparar a atuação do francês nas últimas duas temporadas para entender o que fez de Quartararo um candidato muito mai sólido ao título de 2021.

O primeiro ponto que merece destaque é o endereço, já que ele foi para a Yamaha no lugar de Valentino Rossi. Ano passado, mesmo com uma moto do ano nas mãos, Fabio corria com SRT. É fato que as equipes satélites de hoje não são como eram no passado, mas ainda que as oportunidades sejam mais parelhas, uma esquadra de fábrica segue sendo uma esquadra de fábrica.

Mas, mais do que uma simples troca de destino postal, é fato que a YZR-M1 de hoje é um tiquinho mais competitiva que a antecessora. Dentro dos limites impostos pela MotoGP para lidar com o impacto financeiro da pandemia de Covid-19, a Yamaha conseguiu dar um passo à frente e, ao menos nas mãos do piloto que utiliza o #20, ficou melhor e mais competitiva.

Mas uma coisa que não mudou foi a velocidade. Assim como no ano passado, Quartararo segue sendo muito bom em classificação. No ano passado, foram nove vezes largando na primeira vila do grid na primeira dezena de corridas, mesmo número deste ano. Só que o piloto ficou um pouquinho mais letal, com cinco poles neste mesmo período, duas a mais do que em 2020.

Fabio Quartararo já venceu quatro vezes em 2021 (Foto: Yamaha)

LEIA TAMBÉM
Aos 42, Rossi decide por aposentadoria e encerra história na MotoGP em 2021
Maior da história ou não, Rossi teve impacto transformador e popularizou MotoGP
Ídolo, referência e lenda: mundo do esporte a motor reage à aposentadoria de Rossi
Obrigada, Vale
Martín tira atraso de lesão e ratifica adaptação rápida com vitória no GP da Estíria

O ponto principal, todavia é a performance em corrida. É notório que Fabio ficou muito mais regular. Em 2020, o então companheiro de Franco Morbidelli só ia ao pódio se fosse para vencer. Desta vez, Quartararo tem quatro vitórias, uma a mais do que no mesmo período do ano passado, mas tem outros quatro pódios, algo que não aconteceu no campeonato anterior.

Em 2021, a dupla de Maverick Viñales soma três terceiros lugares, um quinto, um sexto e um 13º. Ano passado, além das três vitórias, o piloto natural de Nice teve um sétimo, um oitavo, um 13º, um abandono, um quarto, um nono e um 18º.

Com uma performance bastante mais nivelada, Quartararo comanda a MotoGP de forma ininterrupta desde o GP da França, quinta etapa do calendário, e vem aumentando a vantagem desde então. Hoje, o piloto tem 172 pontos, exatos 40 a mais do que Johann Zarco, o segundo colocado na tabela.

A versão 2021 de Quartararo é melhor e mais perigosa para os demais justamente porquê a experiência deu a ele a maturidade necessária para saber que um título não é feito apenas de vitórias. É óbvio que elas são importantes e precisam acontecer no maior número possível, mas, se não der para vencer, então o segundo lugar é a melhor opção. Se também não der, então o terceiro é uma boa pedida. E assim por diante.

Fabio viu em 2020 que o estilo tudo ou nada não rende prêmio no fim do ano. E ele aprendeu bem essa missão.

Conheça o conteúdo do GRANDE PREMIUM.

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect