Siga-nos

Ranking GP

As notas do GP da Arábia Saudita

Lewis Hamilton venceu o GP da Arábia Saudita com Max Verstappen em segundo, como em Brasil e Catar. Mas a forma como aconteceu foi incendiária

Lewis Hamilton comemora mais uma vitória em 2021 (Foto: Mercedes/LAT Images)
F1 NA ARÁBIA: HAMILTON VENCE, VERSTAPPEN 2°: EMPATE NA DECISÃO | Briefing

O GP da Arábia Saudita foi melhor do que o esperado, mas também extremamente conturbado. A terceira vitória seguida de Lewis Hamilton teve uma atuação muito controversa de Max Verstappen e um pódio sofrido toda vida de Valtteri Bottas.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O Ranking GP analisa a corrida dos 20 pilotos, da briga acirrada entre Hamilton e Verstappen ao drama da Haas, que viu os dois pilotos envolvidos em acidentes fortes.

As notas do Ranking GP são distribuídas por Gabriel Curty, Gabriel Carvalho e Pedro Henrique Marum.

O toque entre Hamilton e Verstappen na volta 36 na Arábia Saudita (Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images))

1º) Lewis Hamilton – 9.0 – Lewis Hamilton encaixou três vitórias seguidas no momento mais tenso da temporada e conseguiu empatar de forma improvável a disputa com Verstappen. Só não ganha nota maior porque vacilou na relargada e quase deixou o rival triunfar e encaminhar o título em Jedá. Mas vive grande momento.

2º) Max Verstappen – 5.0 – Não dá para ignorar o fato de Verstappen ter tomado, ao todo, cinco punições em uma só corrida. Sim, fez grandes largadas, teve um ritmo muito bom em geral, mas passou dos limites na pista saudita. O brake-test foi o ápice de uma atuação bem acima do tom e perigosa do holandês.

3º) Valtteri Bottas – 6.5 – Que corridinha mais ou menos do Bottas, hein? Ganha uns pontinhos por ter passado Ocon na linha de chegada, mas, de verdade: não dava para ter passado tanto tempo atrás do Ricciardo, hein? Era um pódio bem tranquilo ali, não precisava desse drama todo, não.

Um cabisbaixo Max Verstappen na Arábia Saudita (Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images))

4º) Esteban Ocon – 9.0 – Um pecado ter perdido o pódio! Ocon fez grandes largadas, mas manteve também um ritmo de corrida invejável o tempo todo. Perdeu para Bottas porque a Mercedes era muito melhor, mas chegar em quarto com uma Alpine é um baita desempenho. Ainda bateu roda com Verstappen e Hamilton, uma doideira.

5º) Daniel Ricciardo – 8.0 – Sim, teve muita sorte com os acidentes e ainda reconheceu isso, mas foi uma bela corrida do australiano. Bottas vai ter pesadelo com a traseira de Ricciardo, viu? Mais uma vez ficou preso um tempão…

6º) Pierre Gasly – 7.5 – Mais uma atuação de Gasly que vai acabar subestimada, viu? A AlphaTauri simplesmente não tinha ritmo de corrida de novo e, mesmo assim, lá estava o francês na sexta posição. Fez o que deu e mais um pouco.

7º) Charles Leclerc – 6.0 – Difícil analisar aqui porque Leclerc teve uma porradaça na sexta-feira, a Ferrari refez o carro e o monegasco largou em quarto. Mas terminou ali em sétimo, só passando Sainz no fim, depois de se envolver em um acidente com Pérez.

8º) Carlos Sainz – 6.0 – Também difícil de analisar. Carlos fez uma classificação horrorosa e saiu de 15º, mas voltou a brilhar na corrida. Só não pegou top-5 porque a estratégia falhou, a bandeira vermelha atrapalhou e os pneus médios não aguentaram o stint tão longo.

9º) Antonio Giovinazzi – 8.0 – Simplesmente fez 200% dos pontos que tinha em 2021. Já temos motivo suficiente para soltarmos uma boa nota para Giovinazzi. Belo fim de semana dele.

10º) Lando Norris – 5.5 – Que montanha-russa que tem sido o final de temporada de Norris, gente. Largou lá na frente, mas ficou preso no acidente de Pérez e Leclerc e despencou. Nunca mais se recuperou na prova.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Confira as edições anteriores do Ranking GP

Esteban Ocon fez uma baita corrida e terminou fora do pódio por centímetros (Foto: Alpine)

11º) Lance Stroll – 5.5 – Foi um fim de semana terrível da Aston Martin. Stroll quase pontuou, mas acabou atropelado por Norris nas voltas finais.

12º) Nicholas Latifi – 4.5 – Latifi foi bem lento o tempo todo, mas acabou ainda terminando em uma posição digna. A Williams não foi bem de novo.

13º) Fernando Alonso – 4.5 – Complicadíssimo o fim de semana de Alonso. Saiu falando que não tinha ritmo, mas fica difícil com Ocon quase no pódio, né?

14º) Yuki Tsunoda – 3.5 – Sem ritmo de corrida, assim como Gasly, mas fazendo das suas: uma paulada em Vettel, o próprio japonês pediu desculpas ao alemão.

15º) Kimi Räikkönen – 4.5 – Exagerou um pouco com Vettel, mas nem chegou a ser culpado. Deu mais azar do que tudo, poderia até ter ido ao top-10.

Nikita Mazepin abalroou a traseira de George Russell em Jedá (Foto: Haas)

NC) Sebastian Vettel – 4.5 Absolutamente aloprado, o nosso amigo Vettel. Mas, vamos ser justos: a primeira batida foi culpa total de Tsunoda e não do alemão. Podia ter pontuado.

NC) Sergio Pérez – 5.0 Um desempenho fraco o fim de semana todo que acabou com uma batida – sem culpa – com Leclerc. Um pouco de azar também.

NC) Nikita Mazepin – 1.0 Azar ao se envolver no engavetamento de Pérez, mas: Mazepin teve um reflexo lento toda vida, hein? Nossa senhora, muito lento, estampou a traseira de Russell.

NC) George Russell – 5.0 Absolutamente passageiro na porrada que levou de Mazepin, difícil julgar.

NC) Mick Schumacher – 2.0 Vinha em um fim de semana até interessante, mas voltou a encontrar com o muro e destruiu a Haas. Vai dando um prejuízo financeiro daqueles, viu?

Lewis Hamilton e Max Verstappen se encontraram de novo, agora na Arábia Saudita (Foto: Mercedes/LAT Images)

GP da Arábia Saudita – 7.5 – A corrida em si foi bem interessante, disputas boas, safety-car, bandeira vermelha, confusão. Mas não dá para passar pano para o traçado extremamente perigoso. Não deu para curtir a corrida, o pânico estava lá o tempo todo.

Melhor GP – GPs da Rússia e São Paulo – 10.0
Pior GP – GP da Estíria – 3.0

Média: 6.1

1º) Max Verstappen – 8.4
2º) Lewis Hamilton – 7.9
3º) Lando Norris – 7.4
4º) Carlos Sainz – 7.1
4º) Charles Leclerc – 7.1
4º) Pierre Gasly – 7.1
7º) Fernando Alonso – 6.6
8º) Sergio Pérez – 6.3
9º) Esteban Ocon – 6.2
10º) Valtteri Bottas – 6.1
11º) Daniel Ricciardo – 5.9
12º) George Russell – 5.8
13º) Kimi Räikkönen – 5.7
13º) Sebastian Vettel – 5.7
13º) Lance Stroll – 5.7
16º) Antonio Giovinazzi – 5.6
17º) Robert Kubica – 5.5
18º) Nicholas Latifi – 4.5
19º) Yuki Tsunoda – 4.4
20º) Mick Schumacher – 4.3
21º) Nikita Mazepin – 2.2

Paddockast #132: A vida, a obra e o legado de Frank Williams na Fórmula 1

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect