Siga-nos

Ranking GP

As notas do GP da Áustria de 2021

O GP da Áustria não só foi melhor que o da Estíria como também teve atuações do mais alto nível. Max Verstappen e Lando Norris lutaram para receber a melhor nota

GP da Áustria 2021,
Corrida de classificação será introduzida em Mônaco (Foto: Reprodução/Twitter/@F1)

A Fórmula 1 completou sua jornada pela Áustria com uma nova vitória da Red Bull. Já são cinco triunfos em sequência da equipe, sendo quatro deles com Max Verstappen. Dessa vez, com uma atuação de gala para deixar claro o potencial de terminar 2021 como um campeão inédito.

Sem surpresas, Verstappen foi o piloto com a melhor nota no GP da Áustria. O holandês conseguiu uma rara pontuação perfeita, um 10.0 da parte do trio de jornalistas por trás do Ranking GP. Lando Norris, mesmo também andando bem, ficou um pouco abaixo.

No extremo oposto, alguns pilotos lutaram para valer pela condição de pior piloto no Red Bull Ring. Kimi Räikkönen e Esteban Ocon tiveram atuações estabanadas e erráticas, mas Nikita Mazepin manteve a tradição ao ser novamente o piloto com a nota mais baixa de todas.

Max Verstappen, Red Bull, GP da Áustria 2021,
Max Verstappen voltou a ser imbatível (Foto: Reprodução/Twitter/@RedBullRacing)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

As notas do Ranking GP são distribuídas por Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio.

1°) Max Verstappen – 10.0 – Não teve como segurar o dez hoje! Verstappen pode não ter tido uma árdua batalha ou nada parecido, mas fez um grand chelem, algo tão raro de acontecer. Pole, vitória de ponta a ponta e volta mais rápida: perfeição na Áustria.

2°) Valtteri Bottas – 8.0 – Uma corrida bem decente do Bottas na Áustria. O finlandês terminou na frente de Hamilton e de Pérez. Não importam muito as circunstâncias, importa que foi bem competitivo, finalmente.

3°) Lando Norris – 9.5 – Norris tem feito uma temporada praticamente perfeita e, na Áustria, brilhou intensamente. O inglês classificou em segundo e brigou pelo segundo lugar até o fim, só perdendo para Bottas por uma punição bastante controversa.

4°) Lewis Hamilton – 7.0 – Não foi, de novo, o dia de Hamilton. Com problemas nos pneus e um assoalho danificado por ter atacado demais a zebra, foi presa fácil para Bottas e Norris.

5°) Carlos Sainz Jr. – 8.5 – Corridão! Cuidando dos pneus com maestria, Sainz fez um primeiro stint gigantesco e aí deu o bote na parte final, de pneus médios. Fez belas ultrapassagens também.

6°) Sergio Pérez – 4.5 – Pérez esteve absolutamente irreconhecível. Um imã de confusões, como definiu Ross Brawn. O mexicano se enroscou com Norris e duas vezes com Leclerc, sendo uma delas bastante acintosa. Tomou 10s ao todo em duas punições diferentes e foi só sexto.

7°) Daniel Ricciardo – 7.5 – Ricciardo teve a melhor corrida dele no ano, ali junto com o GP da Espanha. Aguerrido, fez ótima largada, excelente relargada e reduziu os danos de uma classificação bem ruim. Longe de Norris, mas em bom dia.

8°) Charles Leclerc – 7.0 – Leclerc não conseguiu fazer o que Sainz fez com os pneus, mas salvou alguns pontinhos. Foi prejudicado pelos toques que Pérez deu, podia ter sido até quinto.

9°) Pierre Gasly – 7.0 – Largar de macios no GP da Áustria com os pneus que estavam disponíveis: furada máxima. Gasly foi o melhor dos que fizeram isso, mas ainda longe de onde poderia ter chegado.

10°) Fernando Alonso – 7.0 – Alonso foi muito atrapalhado na classificação por Vettel, achou que não ia pontuar, mas ainda salvou 1 pontinho. Bela disputa com Russell ali no fim, inclusive.

11°) George Russell – 7.5 – Quase, muito quase que saiu o primeiro ponto de Russell pela Williams. De todo modo, bela corrida e classificação espetacular, indo ao Q3 de médios. Fica só o registro: largou muito mal.

12°) Yuki Tsunoda – 4.0 – Tinha tudo para ser a corrida da vida de Tsunoda, largando em sétimo, mas, nossa senhora. Ok, largar de macios ajudou muito na queda, mas foram duas punições de 5s por queimar a linha branca na entrada dos boxes. Não dá.

13°) Lance Stroll – 4.5 – Apagadíssimo, meio enrolado, lento, nada deu certo para Stroll, mais um que largou de macios e se deu muito mal. Ainda correu nos boxes.

14°) Antonio Giovinazzi – 4.0 – Passou um carro no safety-car e foi bem mal na prova como um todo. Faz boa temporada, não teve uma tarde feliz.

15°) Nicholas Latifi – 3.5 – Além de ter feito mais uma corrida bem fraca e longíssimo de Russell, tomou 30s no fim da prova por ignorar as bandeiras amarelas. Pelo amor…

16°) Kimi Räikkönen – 2.5 – Tinha tudo para tirar uma nota boa, já que ficou ali sempre perto dos pontos. Só que deu tela branca no Kimi depois de ver que não ia pontuar e resolveu descontar no coitado do Vettel. Pancada bastante antidesportiva, merecia, pelo menos, punição no grid da Inglaterra.

17°) Sebastian Vettel – 4.5 – Tomou uma punição severa – e justa – no grid ao atrapalhar muito Alonso no Q2 e também não fez uma corrida das melhores. De qualquer forma, seria 12º não tomasse a pancada do Kimi.

18°) Mick Schumacher – 5.0 – Mick não foi nada bem de novo, mas não fez nada de grave, não foi punido em uma corrida que meio grid foi. É isso.

19°) Nikita Mazepin – 2.0 – Vamos copiar a de Latifi: além de ter feito mais uma corrida bem fraca, tomou 30s no fim da prova por ignorar as bandeiras amarelas. Pelo amor…

NC – Esteban Ocon – 3.5 – Fase ruim, fase terrível. Ocon começou o ano batendo forte em Alonso. Agora, está apanhando. Passou da hora de acordar.

GP da Áustria – 7.0 – Certamente foi melhor que o GP da Estíria. Mesmo com Verstappen nadando de braçada, a corrida teve reviravoltas na briga por pódio e por pontos. Voltou a ficar claro como o Red Bull Ring é uma pista boa para a F1.

Melhor GP – GP do Bahrein, GP do Azerbaijão, GP da França – 9.0
Pior GP – GP da Estíria – 3.0
Média – 6.7

Confira a média das notas do ano:

1°) Max Verstappen – 9.0
2°) Lando Norris – 8.1
3°) Lewis Hamilton – 7.5
4°) Charles Leclerc – 7.0
4°) Pierre Gasly – 7.0
4°) Carlos Sainz Jr. – 7.0
7°) Sergio Pérez – 6.4
8°) Lance Stroll – 6.3
8°) Fernando Alonso – 6.3
10°) Valtteri Bottas – 6.2
11°) Antonio Giovinazzi – 5.8
11°) Daniel Ricciardo – 5.8
13°) Esteban Ocon – 5.7
13°) George Russell – 5.7
13°) Sebastian Vettel – 5.7
16°) Kimi Räikkönen- 5.4
17°) Yuki Tsunoda – 4.5
18°) Mick Schumacher – 4.4
19°) Nicholas Latifi – 4.2
20°) Nikita Mazepin – 2.1

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect