Siga-nos

Ranking GP

As notas do GP da Emília Romanha de 2021

Teve chuva, briga pela vitória, acidente e declarações pesadas. O GP da Emília-Romanha rendeu um Ranking GP dos mais interessantes

Max Verstappen venceu em Ímola, derrotando Lewis Hamilton (Foto: Reprodução/Twitter)

A Fórmula 1 teve uma segunda etapa muito boa. O GP da Emília-Romanha teve vitória de Max Verstappen, que empatou o duelo com Lewis Hamilton pelo título do campeonato.

Nas notas, os dois voltaram a se destacar, acompanhados por nomes como Lando Norris, Charles Leclerc e Carlos Sainz, em uma jornada da Ferrari como fazia tempo que não se via.

Por outro lado, a dupla da Haas voltou a ter avaliações ruins, bem como o duo da Williams e Valtteri Bottas, que teve atuação indefensável.

As notas do Ranking GP são distribuídas por Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio.

Lewis Hamilton e Max Verstappen voltaram a travar duelo (Foto: Reprodução/Twitter)

1°) Max Verstappen – 9.5 Atuação quase impecável de Max. Ok, teve um erro no Q3 que custou a pole, teve também uma escapada em safety-car que quase botou tudo a perder, mas o holandês, de resto, deu mais um show na pista molhada. Vitória fundamental para o campeonato.

2°) Lewis Hamilton – 7.5 Um erro raríssimo cometido por Lewis, que quase, muito quase, gerou um abandono. Mas aí a qualidade para tirar o carro do atoleiro foi incrível, bem como a reação para chegar em segundo. Aliás, sorte também, viu? Era para ser retardatário, mas uma bandeira vermelha o jogou de volta para a corrida.

3°) Lando Norris – 9.0 Que início de temporada forte de Norris! Lando teve a melhor atuação de sua carreira. Além do pódio, fez quase 30 voltas com um pneu macio e ainda foi capaz de segurar as Ferrari. Vem forte, muito forte em busca de, no mínimo, um top-5 em 2021.

4°) Charles Leclerc – 8.0 Leclerc começou 2021 com tudo, determinado a ser o melhor fora de Mercedes e Red Bull. Baita performance em Ímola, ritmo muito forte, 12 pontos merecidos e importantes para uma Ferrari que vem evoluindo.

5°) Carlos Sainz Jr. – 7.5 Ótima corrida de Sainz. O espanhol espanta pela rápida adaptação na Ferrari, pela velocidade que já tem imprimido. Sainz cometeu alguns erros na chuva, é verdade, mas nada que tenha comprometido, tanto que foi quinto e chegou praticamente empurrando Leclerc. A chave é melhorar na classificação.

Lando Norris, Lewis Hamilton, GP da Emilia-Romanha 2021,
Lewis Hamilton foi segundo, com Lando Norris em terceiro (Foto: Reprodução/Twitter)

6°) Daniel Ricciardo – 6.0 Daniel ainda está claramente fora da melhor forma na McLaren. O australiano precisa de tempo para se adaptar, como já aconteceu na Renault, mas tem de ligar logo porque Norris vem ganhando bem o duelo. Tem créditos pelo gerenciamento dos pneus macios desgastados no fim da corrida.

7°) Pierre Gasly – 6.5 Baita classificação, largada certinha, mas passar 15 voltas com pneus de chuva em um piso meio molhado não tem condições. Pierre despencou para último num misto de culpa dele e, principalmente, da AlphaTauri, que jurava que ia chover mais. Aí merece elogios, porque remou de volta até o sétimo lugar com vontade. Falta aproveitar melhor o bom carro que tem e as posições de largada.

8°) Lance Stroll – 7.0 Boa exibição de Stroll! Com uma Aston Martin que ainda não é lá essas coisas, o canadense fez pontos, foi competitivo, vinha melhor que Bottas, por exemplo. Ainda, vem batendo fácil o Vettel. Vacilou grande ao passar Gasly por fora da pista e não devolver a posição, isso custou no fim das contas, sendo punido.

9°) Esteban Ocon – 6.5 Boa corrida, viu? Ocon ainda não está brilhante, mas parece que o pódio no Sakhir em 2020 deu confiança. O francês começa o ano na frente de Alonso e fez Q3 e pontos em Ímola. É o que dá com uma Alpine capenga.

10°) Fernando Alonso – 5.0 Alonso ganhou um ponto quase que por um milagre, por punições alheias. A performance em si foi bem ruinzinha, novamente atrás de Ocon, meio fora de forma. Tempo pra ele, mas ainda não está legal.

11°) Sergio Pérez – 4.5 Pérez fez a classificação da vida, batendo Verstappen, quase conquistando uma pole, foi muito bem. Domingo, porém… É, o mexicano não foi bem na chuva. Muitos erros, escapadas, longe demais de qualquer briga. Ainda fez besteira no safety-car e acabou punido, o que custou pontos.

12°) Yuki Tsunoda – 2.5 Fim de semana tenebroso do japonês. Na classificação, batida no Q1 que o jogou para último no grid. Na corrida, erros, rodadas, limites de pista infringidos, punições. Ainda está aprendendo.

13°) Kimi Räikkönen – 6.5 Kimi vacilou no safety-car, rodou e isso o fez despencar com uma punição de 30s, mas ia pontuar. O finlandês teve ritmo, foi combativo, merecia sorte melhor. Pena a rodada.

A Williams não tem mais um “carro de F2” na F1 (Crédito: Williams / Twitter)

14°) Antonio Giovinazzi – 6.0 O italiano merecia pontos, viu? Pena que teve um probleminha que forçou um pit-stop extra e o jogou para o fundo do grid. Giovinazzi, em geral, melhorou bem, ainda deu azar de ser muito atrapalhado por Mazepin no Q1 do sábado.

15°) Sebastian Vettel – 4.0 Seb ainda merece um crédito por estar em fase de adaptação, mas precisa começar a andar na frente de Stroll, né? E parar de errar também, são muitos erros sendo cometidos em sequência.

16°) Mick Schumacher – 3.5 Não foi bem, não. Mick andou novamente muito melhor que Mazepin, mas a batida durante o safety-car foi feia e custou uma chance de até sonhar com um 12º lugar em Ímola. De resto, posição normal da Haas.

17°) Nikita Mazepin – 1.0 Não foi tão péssimo quanto na estreia, mas era impossível ser pior. Foi muito, muito mal. O russo conseguiu chegar quase uma volta atrás de um companheiro de equipe que bateu durante o safety-car. Foi mais ou menos isso.

NC – Valtteri Bottas – 3.5 A gente nem acha que o finlandês foi culpado na batida que encerrou sua corrida, mas o resto do fim de semana de Bottas é absolutamente indefensável. Classificou-se pessimamente mal, teve ritmo de corrida medonho e estava lá brigando com uma Williams.

NC – George Russell – 4.5 Russell tinha tudo para tomar uma nota altíssima aqui no nosso ranking: Q2, andava nos pontos, finalmente ia beliscar um top-10 com a Williams. Mas aí se afobou no duelo com Bottas e botou tudo a perder. Mais uma chance no lixo.

NC – Nicholas Latifi – 3.0 Fala a verdade: você foi para a corrida louco para elogiar Latifi, né? Mas o canadense não se ajudou, não nos ajudou. Rodou, se enroscou com Mazepin e bateu. Sem comentários depois de uma classificação boa, com direito a uma ida ao Q2.

Mick Schumacher, Haas, GP da Emilia-Romanha, F1 2021,
(Foto: Reprodução/Twitter/@F1)

GP da Emília Romanha – 8.0 – É bem verdade que a chuva e a bandeira vermelha deram uma apimentada nas coisas, mas não foi uma corrida épica em Ímola. De todo modo, mais uma boa prova em 2021, comprovando a excelente fase da categoria e como Hamilton e Verstappen devem duelar.

Melhor GP – GP do Bahrein – 9.0
Pior GP – GP da Emília-Romanha – 8.0
Média – 8.5

Média do ano após GP da Emília-Romanha

1°) Max Verstappen – 9.0
2°) Lewis Hamilton – 8.8
3°) Lando Norris – 8.3
4°) Charles Leclerc – 7.8
5°) Carlos Sainz Jr. – 7.0
5°) Lance Stroll – 7.0
7°) Daniel Ricciardo – 6.3
7°) Kimi Räikkönen – 6.3
9°) Antonio Giovinazzi – 6.0
9°) Esteban Ocon – 6.0
9°) Pierre Gasly – 6.0
12°) Sergio Pérez – 5.8
13°) Fernando Alonso – 5.5
14°) Valtteri Bottas – 5.3
14°) George Russell – 5.3
16°) Yuki Tsunoda – 4.5
17°) Nicholas Latifi – 4.0
18°) Mick Schumacher – 3.8
19°) Sebastian Vettel – 3.3
20°) Nikita Mazepin – 0.5

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect