Siga-nos

Ranking GP

As notas do GP da Estíria de 2021

Foi o melhor GP do ano? Bem, não. Possível que tenha sido o pior. Mesmo assim, o GP da Estíria reservou atuações contrastantes e notas extremas no Ranking GP

O GP da Estíria foi um novo capítulo da excelente fase da Red Bull na Fórmula 1. A equipe austríaca venceu a quarta seguida e, mais do que isso, colocou em Max Verstappen em posição privilegiada na briga pelo título. Já são 18 pontos de vantagem sobre Lewis Hamilton, graças a uma atuação de altíssimo nível no Red Bull Ring.

Hamilton teve a ingrata missão de tentar caçar Verstappen, na qual fracassou. A atuação, entretanto, esteve longe de ser ruim. Quem decepcionou um pouco mais foi a dupla de escudeiros, Valtteri Bottas e Sergio Pérez, que teve um fim de semana de altos e baixos.

Verstappen fez por merecer a melhor nota no Ranking GP desta semana. E com sobras, sem ser acompanhado de perto por rivais do grid. Em contrapartida, algumas atuações decepcionaram: Daniel Ricciardo e Esteban Ocon, muito atrás de seus respectivos companheiros de equipe, fizeram por merecem notas baixas.

Max Verstappen segue inalcançável (Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

As notas do Ranking GP são distribuídas por Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio.

1°) Max Verstappen – 9.5 – Aqui só não temos um 10 porque prezamos pela nota máxima só em corridas espetaculares ou, sei lá, um grand-chelem. Mas Verstappen dominou desde a classificação, faltou pouco para chegar lá.

2°) Lewis Hamilton – 8.0 – Hamilton meio que fez o que deu em um fim de semana em que a Mercedes ficou assustadoramente atrás da Red Bull. Não cometeu grandes erros, mas também não foi excelente, já que foi mais lento do que Bottas na classificação, por exemplo.

3°) Valtteri Bottas – 7.5 – Um bom trabalho de Bottas, vai? Classificou em segundo, chegou em terceiro, fez o que dele se espera. Só que precisamos tirar uns pontinhos dele, né? Afinal, Valtteri largou em quinto por uma punição por acidente bizarro na sexta-feira, rodando nos boxes.

4°) Sergio Pérez – 6.5 – Pérez chegou atrás de Bottas em uma corrida que a Red Bull dominou amplamente. O mexicano precisa urgentemente melhorar nas classificações, já que vem comprometendo as estratégias ainda no Q2. Largar de macios, na Estíria, atrapalhou tudo.

5°) Lando Norris – 8.0 – A temporada 2021 de Lando é praticamente perfeita. Mais uma vez, deu uma surra no companheiro Ricciardo e liderou a ‘F1 B’. É o limite ali para a McLaren, não tem muito como ser melhor.

6°) Carlos Sainz Jr. – 7.5 – A classificação foi complicada, mas que baita corrida de recuperação que fez Sainz! Com uma Ferrari que não destruiu os pneus como na França, o espanhol foi subindo até bater numa espécie de teto dos italianos na etapa.

7°) Charles Leclerc – 5.5 – Não, nós não achamos que Leclerc ficou nem perto de ser Piloto do Dia. É que, por melhor que tenha sido a recuperação, o monegasco só se enfiou no buraco porque bateu em Gasly. E quase furou pneu depois espremendo Räikkönen, viu? Boas ultrapassagens e tal, mas corrida bem atrapalhada.

Max Verstappen venceu a segunda seguida (Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images)

8°) Lance Stroll – 7.0 – Corrida bastante digna de Stroll. A grande diferença para as recentes foi a classificação. O canadense largou o fundo do grid e fez uma boa prova mais convencional. Chegou na frente de Alpine e AlphaTauri, está valendo.

9°) Fernando Alonso – 7.0 – O ritmo de corrida continua sendo um problema, mas Alonso já tem contornado de forma melhor. O mais importante aqui é que, definitivamente, já faz um ano melhor que o de Ocon, que havia começado com tudo.

10°) Yuki Tsunoda – 6.0 – Ok, fez ponto e não cometeu nenhum erro crasso, foi uma evolução. Mas, vamos ser sinceros? Décimo lugar em uma pista que parecia boa para a AlphaTauri é pouco, muito pouco.

11°) Kimi Räikkönen – 6.5 – Kimi fez mais uma corrida muito competitiva. Novamente, o pontinho escapou por pouco, mas o desempenho foi bem bacana. O finlandês segue mostrando que quer mais e isso é ótimo.

12°) Sebastian Vettel – 4.5 – A fase de Vettel era muito boa, mas caiu bem na Estíria. O alemão não esteve perto de Stroll e, claro, isso não é legal. Ainda tem créditos porque vinha em alta.

13°) Daniel Ricciardo – 3.5 – Ricciardo tem sido esmagado por Norris e, na Estíria, não foi diferente. Tudo bem que teve uma falha no motor que o fez perder posições, mas caminhava para mais uma corrida bem ruinzinha.

14°) Esteban Ocon – 3.5 – Alguém precisa descobrir o que aconteceu com Ocon nas últimas corridas. O jovem vinha amassando Alonso e, de repente, já está sendo amassado.

15°) Antonio Giovinazzi – 5.5 – Precisamos ser justos: só ficou aí para trás porque foi acertado pelo carro já desgovernado de Gasly na primeira volta. Era um fim de semana até promissor.

Lewis Hamilton não teve resposta (Foto: Mercedes)

16°) Mick Schumacher – 5.0 – Chegou na frente de Latifi e foi só. Teve mais um episódio de enrosco com Mazepin e não parece capaz de grandíssimos feitos. Mas foi ok.

17°) Nicholas Latifi – 4.0 – Tocado na primeira volta, acabou a corrida no meio das Haas. E é isso.

18°) Nikita Mazepin – 3.5 – Terminou a corrida atrás de Latifi, que foi tocado na primeira volta.

NC – George Russell – 7.0 – Russell vinha na melhor atuação dele na temporada, difícil imaginar que os pontos não sairiam finalmente. Só que aí veio o azar tremendo, com a falha do motor. Uma tristeza.

NC – Pierre Gasly – 6.5 – Gasly tinha tudo até para brigar com Norris ali pelo top-5, mas foi acertado por Leclerc na largada e teve um dano terminal. Uma pena, a sequência de grandes resultados foi interrompida.

GP da Estíria – 3.0 – Definitivamente não foi uma corrida marcante, apesar do impacto importante no campeonato. Faltou chuva, faltou estratégia, faltou imprevisibilidade. Sorte que o próximo fim de semana traz a esperança de algo melhor.

Melhor GP – GP do Bahrein, GP do Azerbaijão, GP da França – 9.0
Pior GP – GP da Estíria – 3.0
Média – 6.7

Confira a média das notas do ano:

1°) Max Verstappen – 8.9
2°) Lando Norris – 7.9
3°) Lewis Hamilton – 7.6
4°) Charles Leclerc – 7.0
4°) Pierre Gasly – 7.0
6°) Carlos Sainz Jr. – 6.8
7°) Sergio Pérez – 6.7
8°) Lance Stroll – 6.6
9°) Fernando Alonso – 6.2
10°) Antonio Giovinazzi – 6.1
11°) Esteban Ocon – 6.0
12°) Valtteri Bottas – 5.9
13°) Sebastian Vettel – 5.8
13°) Kimi Räikkönen – 5.8
15°) Daniel Ricciardo – 5.6
16°) George Russell – 5.5
17°) Yuki Tsunoda – 4.6
18°) Mick Schumacher – 4.4
19°) Nicholas Latifi – 4.3
20°) Nikita Mazepin – 2.1

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect