Siga-nos

Ranking GP

As notas do GP dos Estados Unidos

Max Verstappen venceu o GP dos Estados Unidos e abriu boa vantagem na liderança do Mundial. É hora de dar nota após tudo o que aconteceu em Austin

A largada do GP dos EUA de 2021 (Foto: Jared C. Tilton/Red Bull Content Pool/Getty Images)

Após dois anos de espera, a Fórmula 1 finalmente retornou aos Estados Unidos. Com um show de público e engajamento fora das pistas, a corrida não foi lá tão memorável, mas com carga de tensão e bastante estratégia, deu rumo interessante na disputa pelo título.

Max Verstappen saiu com a vitória em Austin após superar Lewis Hamilton nos boxes e brecar a ascensão do heptacampeão nas voltas finais. Sergio Pérez voltou ao pódio e surge no top-5 do campeonato. É hora de avaliar o que cada um dos 20 pilotos fizeram no Ranking GP desta semana.

As notas do Ranking GP são distribuídas por Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Gabriel Carvalho.

Hamilton e Verstappen brigam pela ponta na largada do GP dos EUA (Foto: Mercedes)

1º) Max Verstappen – 9.5 – Uma das grandes atuações da carreira de Verstappen! O gerenciamento de pneus no stint final foi obra de arte, vencendo de uma forma mais Hamilton que Verstappen. Só não é 10 pela largada, mas foi quase.

2º) Lewis Hamilton – 9.0 – Não tem muito o que falar de negativo na atuação de Hamilton em Austin. Com um carro que ficou inferior de sexta-feira para sábado, o inglês fez o poss´ível: classificou em segundo, agrediu na largada. Só não foi capaz de bater Max.

3º) Sergio Pérez – 7.5 – Bem no fim de semana todo, o mexicano decepcionou na corrida pelo ritmo lento, muito longe dos dois primeiros e quase na mesma batida que Leclerc. Ganha um desconto aqui porque estava desidratado e sem água.

Verstappen comemora a vitória com Pérez (Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images)

4º) Charles Leclerc – 8.5 – Leclerc brincou depois da prova que ninguém deve ter visto sua atuação, de tão isolado que esteve. De fato, mas isso não diminui o ótimo resultado e a bela performance também. Grande quarto lugar.

5º) Daniel Ricciardo – 8.5 – Outro que esteve inspirado em Austin. Com a McLren um pouco decepcionante, Ricciardo precisou se virar e duelar de forma ríspida contra Sainz. Foi melhor que Norris o fim de semana todo.

6º) Valtteri Bottas – 5.5 – Alguém aí viu Bottas nos EUA? Bom, até viu, né? Principalmente preso em Tsunoda. Pelo menos passou Norris e Sainz, mas não foi um dia legal.

7º) Carlos Sainz – 7.0 – Boa classificação, corrida mediana. O pit-stop lento da Ferrari custou duas posições, verdade, mas deveria ter passado Ricciardo ali no fim. O toque arrebentou o carro e custou a posição de Bottas.

8º) Lando Norris – 6.5 – Apagadíssimo no Texas, Lando emendou a segunda corrida discreta após quase vencer na Rússia. Precisa ir bem no México para mostrar que não sentiu a derrota.

9º) Yuki Tsunoda – 7.0 – Uma das melhores corridas de Tsunoda na temporada, sem dúvidas. Digno na classificação, largou bem e teve bom ritmo, se defendendo bravamente nas disputas. 2 pontinhos para ele.

10º) Sebastian Vettel – 7.5 – Muito bem, Vettel! Punido por troca de motor, começou no fundão e foi remando para o grupo da frente. O alemão sai com 1 pontinho em situação improvável. É disso que a Aston Martin precisa.

Carlos Sainz correu pela primeira vez com a Ferrari nos Estados Unidos (Foto: Ferrari)

11º) Antonio Giovinazzi – 6.5 – Não foi uma corrida ruim do italiano, o resultado foi decente, mas dava para ter pontuado ali. Voltou a se envolver em incidente de largada, precisa de mais cuidado.

12º) Lance Stroll – 5.0 – Não tem como perdoar o canadense ficando atrás de um Vettel largando tão do fundo, mesmo com o toque de Latifi. Stroll caiu no Q1 e isso prejudicou tudo. Mesmo assim, com os punidos, saiu de 13º, ou seja: dava para pontuar.

13º) Kimi Räikkönen – 5.0 – Kimi e suas oportunidades perdidas, hein? Dava para ser uma das notas mais altas do dia, mas rodou tentando segurar Vettel e adeus pontos ali.

14º) George Russell – 5.0 – Discretíssimo, mas foi o que deu para fazer com uma Williams que só foi melhor que a Haas mesmo.

15º) Nicholas Latifi – 4.0 – Bateu em Stroll na largada e por isso perde o ponto em relação a Russell. De resto, normal ali para a Williams.

16º) Mick Schumacher – 4.0 – A Haas é isso aí, pelo menos Mick ficou trocentos segundos na frente de Mazepin.

Lando Norris, McLaren, GP dos EUA 2021,
Lando Norris foi bem discreto (Foto: Reprodução/Twitter/@mclaren)

17º) Nikita Mazepin – 1.5 – A Haas é isso aí, mas Mazepin ficou trocentos segundos atrás de Mick.

NC – Fernando Alonso – 3.5 – Estava completamente aloprado em Austin. Punido por troca de motor, tentou compensar a lentidão da Alpine com agressividade. Foi divertido, mas pouco eficiente.

NC – Esteban Ocon – 3.5 – Sofreu com o ritmo horroroso que teve a Alpine e foi coadjuvante absoluto enquanto esteve na prova. Ainda tocou com Giovinazzi na largada.

NC – Pierre Gasly – 5.5 – Uma etapa pouco vistosa do francês. Possivelmente terminaria ali pelo oitavo lugar, mas a quebra acabou com o fim de semana. Levou azar.

GP dos Estados Unidos – 6.0 – Não foi a corrida mais apertada e linda do mundo, mas foi boa, sim. Bem disputada, bem estudada, estratégias boas e os dois candidatos ao título em grande dia.

Shaquille O’Neal entrega o troféu da vitória a Max Verstappen (Foto: Red Bull Content Pool/Getty Images)

Melhor GP – GP da Rússia – 10.0
Pior GP – GP da Estíria – 3.0
Média: 7.1

Confira a média das notas do ano:

1º) Max Verstappen – 8.5
2º) Lando Norris – 7.7
3º) Lewis Hamilton – 7.6
4º) Carlos Sainz – 7.2
5º) Charles Leclerc – 7.2
6º) Pierre Gasly – 6.9
7º) Fernando Alonso – 6.5
8º) Valtteri Bottas – 6.3
9º) Sergio Pérez – 6.2
10º) Daniel Ricciardo – 6.1
11º) George Russell – 6.0
12º) Esteban Ocon – 5.9
13º) Lance Stroll – 5.8
14º) Kimi Räikkönen – 5.6
14º) Antonio Giovinazzi – 5.7
16º) Sebastian Vettel – 5.5
16º) Robert Kubica – 5.5
18º) Nicholas Latifi – 4.6
18º) Yuki Tsunoda – 4.6
20º) Mick Schumacher – 4.5
21º) Nikita Mazepin – 2.1

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect