As notas do GP da Espanha de 2018

Em uma prova em que quase nada aconteceu, quem foi ao pódio levou as notas mais altas e quem causou um acidente bizarro no início ficou com a pior avaliação do ano

Gabriel Curty, de São Paulo,
Pedro Henrique Marum, do Rio de Janeiro &
Vitor Fazio, de Porto Alegre

Chegou a hora da F1 ter uma corrida ruim na excelente temporada 2018. O GP da Espanha, mais uma vez, foi muito abaixo das provas anteriores e não proporcionou disputas espetaculares ou grandes alternativas para mexer com o resultado da prova.

Mesmo assim, não foi tão fácil assim dar nota. Com pouca ação, pouca gente se destacou muito. Desta forma, as três melhores avaliações foram de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas e Max Verstappen, justamente o trio que foi ao pódio. 

No fim da lista, com notas muito baixas, apareceram os três pilotos que mais estão sendo contestados no momento: Romain Grosjean, Brendon Hartley e Sergey Sirotkin.

As notas do Ranking GP são calculadas através de avaliações de Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio, do GRANDE PREMIUM.

Quer ler esta matéria na íntegra?