As notas do GP da Inglaterra de 2018

A décima etapa da temporada 2018 foi excelente. Em Silverstone, os quatro pilotos das duas grandes equipes do grid tiveram atuações bem positivas, assim como Nico Hülkenberg e Esteban Ocon

Gabriel Curty, de São Paulo,
Pedro Henrique Marum, do Rio de Janeiro &
Vitor Fazio, de Porto Alegre

A temporada 2016 da F1 flutua muito rapidamente entre corridas ótimas e outras monótonas e sequências de provas nestes dois estados. Após um já movimentado GP da Áustria, os fãs pelo mundo puderam ver um ainda melhor GP da Inglaterra. No calor forte, incomum para Silverstone, Sebastian Vettel colocou água no chope e tomou a vitória da Mercedes duas vezes.

A exibição de Sebastian Vettel, que pulou para a ponta com uma bela largada e precisou tirar Valtteri Bottas na frente no braço após o finlandês tomar a ponta já na parte final da corrida, rendeu a maior nota. Um brilhante 9.5, diga-se.

Em mais uma jornada para lá de decepcionante, a Williams ficou com as piores notas empatadas para os dois pilotos: Lance Stroll e Sergey Sirotkin: 3.5 para cada.

As notas do Ranking GP são calculadas através de avaliações de Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio, do GRANDE PREMIUM.

Quer ler esta matéria na íntegra?