As notas do GP do Canadá de 2018

Na pior corrida do ano, pouquíssima gente se destacou muito. Melhor para Sebastian Vettel, vencedor, novo líder do campeonato e disparado o dono da nota mais alta do GP do Canadá

Gabriel Curty, de São Paulo,
Pedro Henrique Marum, do Rio de Janeiro &
Vitor Fazio, de Porto Alegre

A sequência de corridas da F1 não chega a ser exatamente boa. Aliás, neste final de semana, a decepção foi completa. Sempre movimentado, o GP do Canadá foi um horror, com pouquíssima ação e quase zero de margem para surpresa. 

Sebastian Vettel, assim, sobrou com a maior nota do dia, seguido pelos poucos outros pilotos que tiveram um destaque mais relevante: Valtteri Bottas, Max Verstappen e Charles Leclerc.

Também não teve um piloto em atuação catastrófica - aliás, isso poderia ter movimentado a corrida, pelo menos -. Um apagadíssimo Kimi Räikkönen, um decadente Stoffel Vandoorne e os cada vez piores Lance Stroll e Sergey Sirotkin tiveram as piores avaliações.

As notas do Ranking GP são calculadas através de avaliações de Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio, do GRANDE PREMIUM.

Quer ler esta matéria na íntegra?